Como fazer um plano de aula utilizando o ensino híbrido

O plano de aula é parte fundamental do planejamento para o ensino.

No ensino híbrido mais ainda, já que, só pelo planejamento é possível proporcionar uma experiência personalizada para os alunos.

Mas o que colocar num plano de aula de ensino híbrido?

O que é importante considerar?

  • Cabeçalho do plano de aula

É a identificação do seu plano.

Deve constar o nome do professor, a disciplina, o ano ou série, a duração da aula e o número de alunos.

Além disso, é aqui que deve ser assinalado que tipo de Modelo Híbrido será utilizado na aula

Por exemplo:

Modelo híbrido: ( X ) Rotação por estações ( X ) Laboratório Rotacional ( ) Rotação Individual ( ) Sala de aula invertida ( ) Flex.

Assinalamos que utilizaremos em nossa aula a rotação por estações e o laboratório rotacional.

Importante lembrar que cada modelo tem suas particularidades a serem observadas.

Em casos de aula de rotação individual é necessário elaborar também um roteiro individual de objetivos a serem cumpridos pelo aluno na(s) estação(ões).

Em caso de aula de modelo flex é necessário elaborar a etapa do plano de estudo do aluno a ser cumprido nessa aula.

  • Objetivo da aula

É o que você pretende com a aula.

Descreva aqui aonde você quer chegar com os alunos.

O que você espera que os alunos tenham aprendido ao final da aula?

  • Conteúdo

Do que se trata a aula?

Qual tema abordado?

Aqui você coloca a unidade temática que seja estudada, o assunto abordado.

  • O que pode ser feito para personalizar?

Esse ponto é um dos marcadores do ensino híbrido.

O que eu posso fazer para que cada aluno tenha um experiência única de acordo com seu ritmo?

Por exemplo, para o modelo que escolhemos:

Criação de três estações onde cada uma delas conduz a aprendizagem de uma habilidade específica.

Ou a modalidade Flex onde os alunos poderão trabalhar ora na sala de informática, ora na sala de aula.

  • Recursos

Os recursos são tudo aquilo que você vai precisar para desenvolver sua aula.

Por exemplo: equipamentos tecnológicos, programas de computador, livros, cartolinas, sites, jogos etc.

  • Organização dos espaços

É considerado espaço qualquer ambiente que possa ser utilizado pelo professor para realizar experiências de aprendizagem.

Por exemplo: laboratório de informática, sala de aula, sala de leitura, auditório, casa do aluno.

Aqui é necessário descrever as atividades que serão pretendidas.

Espaços > Aonde vai realizar a atividade.

Atividade > O que vai realizar.

Duração > Por quanto tempo.

Papel do Aluno > O que o aluno tem que fazer.

Descreva a função do aluno na atividade.

Papel do Professor > O que o professor faz durante a execução da atividade.

Por exemplo:

Espaço 1: Estação com computadores

Atividade: Assistir os vídeos disponibilizados sobre fotossíntese.

Duração: 15 a 30 minutos.

Papel do aluno: Assistir os vídeos disponibilizados fazendo anotações de estruturas e do que ele compreendeu sobre a fotossíntese.

Anotar também dúvidas e pontos que o aluno acha interessante.

Papel do professor: A finalidade é que o aluno compreenda o conceito de fotossíntese.

O professor media essa construção pelos alunos.

Auxilia em dúvidas e direciona o aluno ao conteúdo.

  • Avaliação

De que forma você vai avaliar os alunos?

A proposta de avaliação no ensino híbrido considera alguns aspectos como:

O que pode ser feito para observar se os objetivos da aula foram cumpridos?

Por exemplo, pode ser solicitado aos alunos a confecção de um relatório individual.

No qual deverão descrever o que entenderam sobre o conceito trabalhado na aula.

Como foi sua avaliação da aula?

É uma avaliação par você professor.

O que você solicitou como avaliação foi o suficiente para saber que os alunos cumpriram os objetivos?

Quais aspectos positivos tiveram? O que deu certo?

E quais foram os aspectos negativos da avaliação? O que você precisa mudar?

Recursos de personalização pós-avaliação

Esse é um opcional na avaliação.

Mas ajuda bastante na personalização do ensino.

Já que, a partir dos dados coletados no aprendizado do aluno nesta aula, será possível personalizar melhor a próxima.

By | 2017-09-12T21:13:44+00:00 12.09.17|4 Comentários

Sobre o Autor:

Graduada em Ciências Biológicas (licenciatura) pelo Centro Universitário Claretiano de Batatais, Mestre em Ciências (ênfase Ensino de Biologia) pela Universidade de São Paulo. Trabalha com biologia geral, com ênfase em estratégicas didáticas e linguagem.

4 Comentários

  1. Gilson trindade 29/04/2018 em 20:36- Responder

    Exelente..

    • Gilson trindade 29/04/2018 em 20:37- Responder

      digo Excelente

  2. Geraldo Junior 30/06/2018 em 15:23- Responder

    Excelente material … obrigado por compartilhar para nosso aprendizado.

  3. Kleitson 23/08/2018 em 17:38- Responder

    Material maravilhoso, vou utilizar na oficina com Professores do Amazonas.
    Muito Obrigado!

Deixar Um Comentário